Como fazer jejum intermitente para emagrecer? Saiba agora

Picture of Treinador Wladimir
Treinador Wladimir

@treinadorwladimirjuniorr é Profissional de Educação Física (CREF 004643) há quase 10 anos. É especialista em musculação para Mulheres, Personal trainer online em 6 países.

Obter Local de Acesso e Data da Promoção
Faça como minhas alunas da cidade de , e entre para o time você também!

O jejum intermitente é uma prática alimentar que tem ganhado popularidade como uma estratégia eficaz para perda de peso e melhoria da saúde.

Embora existam diferentes abordagens para o jejum intermitente, todas elas envolvem um padrão de alimentação que alterna períodos de jejum e alimentação.

Neste artigo, exploraremos os princípios básicos do jejum intermitente e forneceremos um guia passo a passo sobre como incorporá-lo em sua rotina para alcançar seus objetivos de emagrecimento.

  1. Compreendendo o Jejum Intermitente: O jejum intermitente é mais do que apenas pular refeições. Trata-se de estabelecer janelas de alimentação e períodos de jejum. Existem diferentes métodos populares de jejum intermitente, incluindo o método 16/8, 5:2, e jejum alternado. É importante entender cada abordagem antes de escolher a que melhor se adapta às suas necessidades e estilo de vida.
  2. Método 16/8: O método 16/8 é um dos mais populares e fáceis de seguir. Envolve jejum diário de 16 horas, seguido por uma janela de alimentação de 8 horas. Durante a janela de alimentação, você pode fazer duas a três refeições equilibradas. Durante o período de jejum, você deve beber água, café sem açúcar ou chá para ajudar a manter-se hidratado e reduzir a fome.
  3. Método 5:2: No método 5:2, você come normalmente por cinco dias da semana e reduz significativamente a ingestão calórica (500-600 calorias) em dois dias não consecutivos. Esses dias de baixa caloria não são de jejum completo, mas sim de restrição calórica controlada. É importante garantir que as calorias consumidas durante os dias de alimentação normal estejam dentro do limite necessário para alcançar seu objetivo de emagrecimento.
  4. Jejum Alternado: No jejum alternado, você alterna entre dias de jejum completo e dias de alimentação normal. Por exemplo, você pode jejuar por 24 horas em um dia e, em seguida, comer normalmente no próximo. Durante os dias de jejum, é essencial manter-se hidratado e monitorar seu corpo para garantir que você esteja se sentindo bem.
  5. Dicas para Fazer Jejum Intermitente com Sucesso:
  • Comece devagar: Se você é novo no jejum intermitente, é recomendado começar com o método 16/8, pois é mais fácil de seguir.
  • Hidrate-se adequadamente: Beba bastante água durante o período de jejum para ajudar a reduzir a fome e manter-se hidratado.
  • Mantenha uma alimentação equilibrada: Durante a janela de alimentação, certifique-se de consumir uma dieta balanceada, rica em nutrientes.
  • Esteja atento aos sinais do seu corpo: Se sentir tonturas, fraqueza extrema ou qualquer outro sintoma preocupante, pare o jejum e consulte um profissional de saúde.
  • Acompanhe seu progresso: Mantenha um registro do seu peso, medidas corporais e como você se sente ao longo do processo. Isso ajudará a manter a motivação e avaliar seu progresso.

Conclusão: O jejum intermitente pode ser uma estratégia eficaz para perda de peso, desde que seja realizado de maneira segura e adequada.

Antes de iniciar qualquer regime de jejum, é sempre aconselhável consultar um profissional de saúde, especialmente se você tiver condições médicas preexistentes. Lembre-se de que cada indivíduo é único, e o que funciona para uma pessoa pode não funcionar da mesma forma para outra.

Experimente diferentes métodos e ajuste-os às suas necessidades e preferências pessoais.

O jejum intermitente pode ser uma ferramenta poderosa para alcançar seus objetivos de emagrecimento, mas lembre-se de que a chave para uma perda de peso saudável e sustentável está na combinação de uma alimentação equilibrada, exercícios físicos regulares e hábitos de vida saudáveis.

A verdade sobre o jejum intermitente

É importante mencionar que, apesar da popularidade do jejum intermitente como uma estratégia para emagrecer, existem estudos e evidências que sugerem que essa prática pode não fazer diferença significativa nos resultados de perda de peso.

É essencial abordar esse tópico de forma científica, fornecendo argumentos embasados em pesquisas.

  1. Estudos mostram resultados inconsistentes: Diversos estudos científicos têm sido conduzidos para investigar os efeitos do jejum intermitente na perda de peso. No entanto, até o momento, os resultados têm sido inconsistentes e não há um consenso claro em relação à sua eficácia. Alguns estudos indicam que o jejum intermitente pode ser tão efetivo quanto outras formas de restrição calórica para perda de peso, enquanto outros não encontram diferenças significativas em comparação a um padrão alimentar regular.
  2. Foco no balanço energético: O principal determinante da perda de peso é o balanço energético, ou seja, a diferença entre as calorias consumidas e as calorias gastas. Para emagrecer, é necessário criar um déficit calórico, independentemente do método alimentar utilizado. O jejum intermitente pode ser uma abordagem para ajudar na redução da ingestão calórica, mas, no final das contas, a perda de peso depende do balanço energético negativo.
  3. Adesão e comportamento alimentar: A adesão a longo prazo a qualquer método alimentar é crucial para alcançar e manter a perda de peso. O jejum intermitente pode não ser adequado para todos, pois pode ser desafiador seguir um padrão de alimentação restritivo. É importante considerar a relação com a comida, preferências individuais e aderência pessoal antes de adotar o jejum intermitente como estratégia de perda de peso.
  4. Variação individual e saúde: A resposta ao jejum intermitente pode variar entre indivíduos devido a fatores genéticos, metabólicos e estilo de vida. Além disso, certas condições de saúde podem tornar o jejum intermitente inadequado ou arriscado. É fundamental consultar um profissional de saúde antes de iniciar qualquer forma de jejum intermitente, especialmente se houver preocupações de saúde pré-existentes.

Embora o jejum intermitente tenha ganhado popularidade como uma estratégia para emagrecer, é importante destacar que a ciência ainda não encontrou evidências consistentes de sua superioridade em relação a outras formas de restrição calórica para perda de peso.

O balanço energético, a adesão a longo prazo e a individualidade são elementos-chave na busca pela perda de peso sustentável.

Consultar um profissional de saúde qualificado é essencial ao considerar o jejum intermitente como parte de um programa de emagrecimento, garantindo uma abordagem segura e personalizada para alcançar seus objetivos de forma saudável.

Este artigo foi criado por:

Picture of Treinador Wladimir
Treinador Wladimir

Wladimir Junior é formado pela Faculdade Maurício de Nassau e atua quase 10 anos como Profissional de Educação Física CREF 004643, Especialista em musculação para Mulheres, personal trainer online em 6 países. Possui 8 certificações em Treinamento Musculação emagrecimento, Hipertrofia e Grupos especiais com prevenção em lesão.

Descubra quantas calorias você precisa comer para conseguir resultado

VOCÊ DEVE INGERIR ESSA QUANTIDADE DE CALORIAS DURANTE O SEU DIA PARA ALCANÇAR O SEU OBJETIVO

Quer ter seu programa individual?

receba seu treino e cardápio de acordo com o seu objetivo

Escolha seu objetivo abaixo para iniciar uma avaliação

Preencha o formulário para eu entender melhor seus objetivos